1120 Alameda Orquidea, Atibaia, SP,  BRA

fernando@driverentry.com.br

ExAllocatePool with Tagging

Meu amigo Lesma sempre me foi uma excelente referência sobre uma maneira diferente de ver as coisas. Ele normalmente tem um ponto de vista diferente do meu, e sempre aprendo com estes outros pontos de vista. Este post será diferente do que estão acostumados a ver por aqui. Wanderley introduziu o assunto “Como ser um melhor programador nos próximos seis meses” e nos trouxe este novo ponto de vista (pelo menos para mim) de ver os blogs, conhecido como Tagging. Aqui segue a minha resposta.

Não posso dizer que nos próximos seis meses tudo vai ser diferente, que eu realmente vou me esforçar ao máximo para me tornar um programador melhor. Creio que minha resposta seja parecida com a resposta que o Strauss nos deu, mas não igual.

Como alguns de vocês sabem, além jornada de trabalho na Open, ainda enfrento a Universidade para concluir minha formação em Engenharia da Computação. Este curso tem me trazido assuntos novos com relação a micro processamento, sistemas embutidos, arquitetura de computadores e outros assuntos diferentes de programação Windows em C/C++. Posso dizer que isso tem aberto um pouco meu leque de oportunidades para aprender coisas novas. Desenvolver drivers é, além de programar, estabelecer a comunicação entre dois universos próximos, mas praticamente desconhecidos entre si. Normalmente que faz muito bem um lado, não consegue fazer o outro tão bem. Isso é natural. Já conheço um pouco de software, e a cada seis meses que se passam, vou conhecendo algumas coisas novas sobre hardware. Conhecendo melhor o hardware, creio poder entender e programar melhor o sistema operacional que interage com ele.

Por falar em coisas novas, este mês me peguei comprando um livro sobre device drivers para Linux. Tenho sido Microsoft desde sempre. Obviamente estou me referindo ao aspecto profissional. Meus tempos de MSX e CP200 exercem a mesma influência que meu jardim de infância excerce sobre meu cirrículo. O livro ainda não chegou, mas com certeza vai alimentar minha base de dados sobre interação Software/Hardware e me permitir traçar um paralelo entre as duas plataformas de desenvolvimento Windows/Linux, e assim, poder entender melhor o que eles tem em comum, tanto com relação à interação Software/Hardware quanto aos conceitos de sistemas operacionais.

Um amigo uma vez me disse que uma das melhores maneiras de aprender é ensinando. Já escrevo este blog a quase 1 ano e tenho aprendido bastante com ele. Escrever sobre algumas coisas que eu considerava simples me fez dar mais uma olhada e ver que ainda existem mais e mais detalhes sobre o assunto. Desta forma, acabo aprendendo os detalhes que foram perdidos à primeira vista. Algumas palestras que tenho dado na empresa e o curso de device drivers são um Boost para esta maneira de aprender. Confesso que estou gostando disso.

Concluindo e resumindo, vou continuar estudando para terminar minha faculdade, ler sobre Linux e continuar blogando e sendo questionado sobre os assuntos. Esse assunto é muito divertido para programadores, mas não podemos nos esquecer que também somos maridos, filhos, irmãos, amigos e assim por diante. Este post pode lhe oferecer aquele ânimo para sair estudando tudo e dedicar todo o seu tempo disponível em prol de ser um programador exemplar. Andar de bicicleta e ir à praia também fazem parte da formação de programadores excelentes.

Aprecie com moderação. 😉
Até mais…

One Response

Leave a Reply

Your email address will not be published.